Ação gratuita será realizada nesta quinta-feira, 3, em Belém.
Testes são simples e devem ser feitos em bebês de até três meses

Maternidade realiza teste do olhinho recomendado pelo Ministério da Saúde (Foto: SMS)
Uepa oferece serviços gratuitos para recém- nascidose (Foto: SMS)

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) oferece nesta quinta-feira (3) uma ação de saúde materno infantil em que serão realizados gratuitamente os testes do “olhinho” e da “linguinha” para recém-nascidos. A ação será realizada de 14 as 17h, no Centro Social Alegria, localizado na avenida Marques de Herval, nº 156, entre as travessas Curuzú e Chaco, no bairro da Pedreira, em Belém.

O teste do olhinho é um exame simples, rápido e indolor, que identifica um reflexo vermelho, que aparece quando um feixe de luz ilumina o olho do bebê. Já o da linguinha consiste em verificar se o freio que liga a língua do bebê à boca apresenta algum tipo de deformação. Se houver o problema, a criança pode desenvolver a chamada língua presa.

Segundo a Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (SBOP), ainda na maternidade, os olhos dos recém-nascidos são inadequadamente examinados. Com isso, mais de 50% dos bebês apresentam anomalias na visão, que só são descobertas quando estão cegos ou quase cegos.

Os exames devem ser realizados em até três meses de vida. “Nem todas as mães possuem condições financeiras para pagar os exames que são, amplamente, realizados na rede privada. Pensando nisso, eu e outras professoras que lecionam a disciplina Saúde Comunitária idealizamos a ação, para acolher essas pessoas e realizar o teste gratuitamente. Muitas mães têm medo de expor seus bebês aos exames, porque não sabem que é indolor. Tanto o teste do olhinho quanto o da linguinha não são invasivos a ponto de causar dor ou desconforto ao bebê”, explica a organizadora da ação, professora Márcia Maciel.