Paraenses contam que vão prestar atenção nas propostas de candidatos. Eleitores podem denunciar irregularidades durante o período da propaganda

Iniciou na última terça-feira (16) a propaganda eleitoral nas ruas e na internet. Este ano, os candidatos terão menos tempo para convencer os eleitores, já que o tempo da propaganda eleitoral diminuiu de 90 para 45 dias.

Muitos paraenses já sabem no que prestar atenção neste período. “Ver as propostas que são necessárias para o município. Verificar quem está melhor capacitado para administrar”, afirma o bancário Sebastião Tavares.

Conheça os candidatos de Tucuruí

https://www.eleicoes2016.com.br/candidatos-tucurui-pa/

“Na atual situação que nosso país se encontra, se a gente não observar isso, eu não sei o que esperar”, pontua a funcionária pública Cristiane Macedo.

Veja as regras para a propaganda eleitoral:

– Nas ruas, os candidatos podem fazer comícios e distribuição de panfletos;
– Mas os cavaletes, distribuição de brindes, outdoors e cartazes de grande dimensão estão proibidos;
– A propaganda também não pode ser feita em prédios públicos e escolas;
– Na internet a propaganda é liberada, inclusive em aplicativos de mensagens instantâneas, desde que o eleitor concorde em receber.

“Eu posso receber um e-mail de um candidato com a sua plataforma de governo, solicitando votos. Se eu não quero mais receber aquele link e eu fizer o bloqueio, se o candidato insistir e ele fizer a denuncia à Justiça Eleitoral, nós vamos atuar pra coibir essa pratica”, afirma o juiz Elder Lisboa.

No dia 26 de agosto começa também a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Os eleitores vão ter até o dia 1º de outubro para conhecer os candidatos as eleições municipais.

“O que se nota aqui quando nós estamos falando em palestras e conferências, a maioria do eleitor não lembra nem o candidato a vereador que votou nas eleições passadas. Então não há um processo fiscalizatório do eleitor em relação aquele que foi eleito. Essa consciência do eleitor em escolher o melhor e de cobrar depois do voto é bem interessante para a democracia”, ressalta ainda o juiz.

As irregularidades podem ser denunciadas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) através do telefone0800 0960 007.

Do G1 PA

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO mundo olha para o Rio
Próximo artigoNão quero ser preso afirma Lula em entrevista exclusiva a BBC
Denis Aragão
É jornalista e profissional de marketing. Bem antenado e com ampla experiência no jornalismo online e impresso. Tem atuado como gestor de mídias sociais e assessor de imprensa. Fera em produção de conteúdo para a web, ama cinema, literatura, cultura geek, fotojornalismo e design gráfico. Ama o que faz. Simples assim!