A produção industrial caiu 11,2% em outubro deste ano em relação ao mesmo mês de 2014. O resultado foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira e traz também dados sobre a queda da produção de outubro ante setembro, que foi de 0,7%. A queda de 11,2% é a mais intensa desde abril de 2009, quando houve retração de 14,1% neste tipo de confronto, aponta o IBGE. Considerando apenas meses de outubro, trata-se da maior queda da série histórica, iniciada em 2002.

Dos 24 ramos investigados pelo IBGE, 15 deles tiveram perdas expressivas, sendo que a produção de derivados de petróleo e biocombustíveis foi a que teve o maior impacto negativo, com encolhimento de 2,7% em outubro ante setembro. Outros segmentos também apresentaram quedas relevantes, como o extrativo (-2,0%), de veículos (-3,0%), de equipamentos de informática e produtos eletrônicos (-9,4%) e de perfumaria, sabões e produtos de limpeza (-2,4%).