Pelo jogo de ida das semifinais, Independente será uma parada duríssima para o Remo

Para garantir vantagem no jogo de volta em Belém no próximo dia 23, o Independente precisa obter um bom resultado hoje (12) à noite diante do Clube do Remo, no Navegantão, a partir das 20h30.

É o primeiro jogo da semifinal entre Galo x Leão que neste ano se enfrentaram em jogo amistoso realizado no mês de janeiro, no Souza, e os azulinos foram os vencedores por 5 a 3, com destaque para Edgar, do Remo, que marcou  três gols e Monga, do Independente, assinalou dois.

Ambos estarão no duelo de hoje à noite no Navegantão que pode receber o melhor público da temporada. Há, inclusive, promoção para o torcedor comparecer ao estádio. Remo e Independente são rivais desde  2010, quando começaram a duelar em jogos oficiais.

A vantagem nos confrontos é do Leão, porém, há dois anos que o Remo não vence em Tucuruí. O Galo também defende a invencibilidade de cinco jogos em casa. São três vitórias – Paysandu, Paragominas e Pinheirense e dois empates – Cametá e São Raimundo. O Remo está há dez 10 jogos sem perder no Campeonato.

O Independente entra em campo com força máxima e o técnico Léo Goiano não faz mistério na escalação da equipe para o duelo. Já o Remo tem vários problemas e o treinador Josué Teixeira outra vez não vai poder contar com os principais jogadores azulinos.

bol_qua_120417_04.ps

Comandado por Léo Goiano, a equipe de Tucuruí vem mostrando uma boa postura tática até aqui. Além disso, dentro do Navegantão, o Independente está invicto no torneio, mostrando a força do time dentro de seus domínios. Com os artilheiros Monga e Magno em boa fase, o Galo espera mais uma vez fazer bonito no Campeonato Paraense. Como foi em 2011, quando a equipe de Tucuruí foi a primeira agremiação do interior a levantar a taça de campeã estadual.
GALO ESTÁ BEM PREPARADO

O técnico Léo Goiano já demonstrou ao longo deste Paraense que ele é um estrategista. O treinador do Independente é um dos nomes que tem se destacado entre os comandantes do futebol local. Para o jogo de hoje contra o Remo, ele já sabe muito bem como armar a sua equipe para dar o primeiro passo rumo à classificação.

O treinador conta que a preparação da sua equipe foi muito boa para esta partida. Segundo Goiano, o Galo é merecedor desta vaga. “É o jogo do ano para nós. Temos uma equipe modesta e trabalhadora. Chegamos aqui com méritos”, afirma.

Léo Goiano ressalta que apesar de o Remo vir com alguns problemas, não se pode subestimar o adversário. “O Remo só perdeu dois jogos na temporada. É uma equipe muito forte e, independente da situação, é um dos protagonistas do campeonato”, diz.

Fazendo o primeiro jogo dentro de casa, o comandante do Galo vai utilizar a sua tradicional estratégia para fazer um bom resultado diante do seu torcedor e depois, em Belém, administrar o placar. “São 180 minutos. Temos que vencer. Primeiro vamos fazer bem feito. Temos de valorizar nossas virtudes e anular a do adversário”, analisa. “Que possamos estar em dia feliz e façamos um bom resultado. Depois, é pensar em outra estratégia, para o jogo lá de Belém”, avisa Léo.

O TIME DO REMO

Para montar a equipe para o jogo de hoje, Josué ainda tem algumas dúvidas quanto à formação. O objetivo do treinador é fechar bem o espaço, principalmente pelo lado esquerdo da defesa azulina, nas costas de Jaquinha, por onde o Remo tem levado os últimos gols, recentemente. “Quando eu penso em três volantes, eu penso em uma cobertura melhor para o Jaquinha e também na marcação do Magno, que é um jogador de velocidade”, explica. “A gente vai analisar a formação com calma. Temos de estar atentos ao time adversário para não sermos surpreendidos”, completa o técnico.

Com informações do DOL/ORM

DEIXE UMA RESPOSTA