Atividades ligadas a campanha Outubro Rosa serão realizadas durante todo esse mês (Fotos Divulgação)

“Outubro Rosa” orienta a população quanto a importância de  prevenir contra o câncer e de ter um diagnóstico precoce

Referência no tratamento de câncer no sudeste paraense, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia Dr. Vítor Moutinho (Unacon), em Tucurí, abre oficialmente a programação da “Campanha Outubro Rosa”, realizada na sede da unidade, onde usuários, acompanhantes e colaboradores tiveram a oportunidade de participar de uma aula com exercícios físicos, além do repasse de informações sobre o tema.

Nem os 82 anos do senhor Raimundo Veiga, que trata um câncer de próstata na Unacon, o impediu de participar e fazer todos os exercícios, com muita descontração. “Quando a  Unacon foi implantada em Tucuruí, mudou muita a vida de quem faz tratamento contra o câncer na região. Aqui,  a gente está mais perto de casa, antes a gente tinha que viajar pra se tratar fora, mesmo sem ter condições, e aqui não, além do tratamento, as gente tem todo esse acompanhamento, participa das atividades, conhece mais sobre a doença que temos e as que podem atingir as pessoas que conhecemos, e o mais importante, é um atendimento de primeira, que eu só tenho a agradecer, eles me fazem sorrir aqui, esquecer da tristeza que essa doença me causa, então eu participo mesmo, de tudo que a unidade faz pra gente”, disse o usuário.

Thiarle Dassi, diretor executivo da unidade, as campanhas visam quebrar alguns tabus
Thiarle Dassi, diretor executivo da unidade, as campanhas visam quebrar alguns tabus

De acordo com a fisioterapeuta da unidade, Gabriela Moraes, a atividade física ajuda a proporcionar ao usuário, mais qualidade de vida. “O nosso objetivo aqui, é oferecer um bem estar para o nosso paciente, melhorar a qualidade de vida deles. Porque normalmente, os pacientes sentem muito desconforto, dores nas articulações, o que leva a um processo degenerativo, a paciente com câncer de mama por exemplo, tem dificuldade de levantar o braço, no câncer de próstata as vezes acontece do paciente ter algumas complicações, como incontinência urinária, então nosso objetivo é trabalhar essas complicações, que surgem  devido o tratamento e assim, com exercícios, conseguimos  fazer com que ele se sinta bem”, garantiu a fisioterapeuta.

Segundo o diretor executivo da unidade, Thiarle Dassi, diretor da Unacon o movimento “Outubro Rosa” é mais uma campanha que a instituição adere com o objetivo de orientar a população quanto a importância de  prevenir contra o câncer e de ter um diagnóstico precoce, o que aumenta consideravelmente as chances de cura.” Essas campanhas contribuem alertar o maior número de pessoas. Existem estudos do Ministério da Saúde (MS), que comprovam que a prevenção do câncer, principalmente tipos  como: colo de útero, mama e próstata, pode reduzir os casos,  em mais de 50%, já no câncer de próstata, esse índice chega até 97%. Por isso, a prevenção é fundamental, assim como o diagnóstico precoce. No  câncer de mama, existe a recomendação pra a realização das mamografias e isso é importante para que as mulheres descubram o quanto antes a doença e possam realizar o tratamento,  caso o resultado seja  positivo”, garantiu o diretor.

Um outro fator que, segundo Thiarle Dassi, as campanhas visam quebrar com alguns tabus, como o de que, o câncer de mama só atingem as mulheres. “Aqui na Unacon  nós temos  um paciente masculino com câncer de mama, então é muito importante, que esse preconceito seja rompido, pra que as pessoas busquem o tratamento na atenção básica e realize os exames precocemente, pra conseguir realmente  evitar realmente a doença,” afirma Thiarle.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), somente ano passado, 267 mulheres morreram no Pará em decorrência da doença – 20 a menos do que foi registrado em 2016.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), trata-se do segundo tipo de câncer mais recorrente entre as mulheres residentes no Estado, perdendo somente para o câncer de útero. As estimativas para 2018 e 2019 no Pará são de 860 possíveis novos casos para câncer de útero e outros 740 para mama. Na Unacon, o câncer de cólo de útero é o mais recorrente, seguido de mama e próstata.

Segundo informe do INCA, a idade é um dos fatores de risco para a doença, já que de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos. Outras causas determinantes para o risco da doença são de natureza ambiental e comportamental, além dos associados a fatores genéticos e hereditários.

As  atividades ligadas a campanha Outubro Rosa serão realizadas  durante todo esse mês, entre as ações: o Laço do Abraço, realizado em parceria com o Hospital Regional de Tucuruí ; palestras com psicóloga, nutricionista, médico oncologista clínico, que deverão esclarecer as dúvidas de quem participar dos eventos. A programação será encerrada no dia 30 no prédio da Acit em Tucuruí, em um evento realizado em parceria com a Prefeitura de Tucuruí.

Serviço

A Unacon que é referência no tratamento de câncer no sudeste paraense, funciona em Tucuruí, em frente ao Hospital Regional, na Vila Permanente. Mais informações pelos telefones (94) 3778-4928 e (94) 3778-4599.

Por Vera Rojas

DEIXE UMA RESPOSTA