Eles apresentam problemas pulmonares e queimaduras.
Hospital veterinário da UFRA já atendeu 40 animais de outubro a dezembro.

Cerca de 40 animais silvestres foram atendidos no hospital veterinário da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), em Belém, de outubro a dezembro de 2015. Eles apresentavam problemas pulmonares e queimaduras.

As principais causas destes problemas são as queimadas e focos de incêndio em áreas florestais ou de mata. De acordo com a professora da UFRA, Ana Ribeiro, esta situação nunca tinha sido vista. Mas, com as queimadas mais recorrentes e o clima seco, os animais silvestres estão sendo afetados.

Os animais são resgatados destas áreas e levados para atendimento ambulatorial por meio da população e do Batalhão de Policiamento Ambiental. Após recuperados, são entregues ao Batalhão, que faz a destinação correta.